segunda-feira, 11 de junho de 2007

Medicamentos

Já estava anoitecendo quando saíram de casa. O casal havia brigado na tarde daquele mês de maio de 2030, mas acabaram fazendo as pazes. Concordaram em sair para comer. Na volta, resolveram passar na Loja de Conveniência de um posto para comprar alguns remédios. Àquela época, todas as doenças físicas tinham encontrado sua cura no moderno avanço da medicina, restando, portanto, apenas anomalias emocionais e psicológicas. Chegando à loja, o homem perguntou ao vendedor se havia algum remédio para estresse, e disse que estava se sentido oprimido e pressionado pela constante agitação de sua vida. Ao que o vendedor respondeu:

Após saber o pedido de sua mulher, se dirigiu à loja e voltou com a sacola cheia de remédios. Chegaram em casa cansados, mas reuniram a família e deram a cada um o medicamento que lhe era devido. Ficaram até mais tarde conversando alegremente, e deram boas risadas, como nunca antes havia se visto. Foram para a cama felizes. Entretanto, não conseguiram dormir muito bem, pois continuaram sendo atormentados por pesadelos durante a noite.


"...Se alguém quer vir após mim, a si mesmo se negue, tome a sua cruz e siga-me" (Mateus 16.24)


­­­­- Rapaz, chegou mercadoria nova hoje de manhã. Eu tenho aqui o Illusion, que dizem que é muito bom. Ele faz você ver a vida de outra maneira, sem problemas, sem complicação. Você cria o seu próprio mundo e o controla como bem entender. Você vai vivendo dia após dia sem perceber a realidade do caminho que você está, mas também nem se importa com isso! Uma maravilha! Eu tenho uns clientes que já experimentaram e disseram que é muito bom.
- Legal! Acho que vou levar, mas tem algum efeito colateral?
- Infelizmente sim, esse é o problema dele. Você pode acabar viciando, porque quando os comprimidos acabam você tem meio que uma desilusão ao se deparar novamente com o mundo real.
- Hum... Você não teria outro neste mesmo estilo?
- Claro, aqui agente tem toda a linha de remédios orientais, que explodiram no mercado no início do século, mas que até hoje fazem sucesso. Uma dose por dia basta para elevar sua espiritualidade, levando você à comunhão plena com o universo e à paz. São perfeitos para a ansiedade. O mais vendido aqui é o Mysthic.
- Já vai pondo na sacola então! Eu queria um... Ah, é que eu to com outros problemas na minha família. Minha filha ta com depressão, meu filho mais velho é muito agressivo e solitário e eu e minha mulher não conseguimos nos amar. Você pode me indicar alguma coisa?
- Bom, ta saindo muito o Ego, que serve pra uma penca de problemas. Ele realça e amplifica seus sentimentos em relação a você mesmo, e te faz liberar hormônios de prazer quando você realiza qualquer coisa, mesmo que não seja importante. Resumindo, ele faz você se sentir muito bem com você mesmo, com suas próprias coisas e com suas realizações. Você vira a medida da sua felicidade! Você deixa de depender dos outros ou das circunstâncias para te validarem, pois esse processo é inteiramente feito por você! Muito indicado para depressões...
- Legal. Mas olha só, o que eu to percebendo é que esses remédios quando curam uma parte deixam outra debilitada. Dessa forma agente está fadado a morrer com essas doenças da alma. Não tem algum remédio que cure agente por completo não?
- Rapaz, até que tem. O nome é Jesus, mas você tem que pagar um preço alto por ele...
- Mas adianta mesmo?
- Olha, as pessoas que tomam não se livram de aflições. Em todos os lados elas ficam pressionadas, mas não desanimadas; ficam perplexas, mas não desesperadas; perseguidas, mas não abandonadas; abatidas, porém não destruídas. Eu mesmo conheço alguns, e esse povo têm uma paz independente de situações que não entra no meu entendimento! Mas como eu disse, o preço é um pouquinho mais alto. Mesmo assim, eu tenho aqui vários genéricos dele!
- Essa Loja de Conveniência é boa hein! Tem tudo o que eu preciso!
- Pois é! Os genéricos têm pra todo gosto, se encaixam perfeitamente no perfil que você deseja. Tem um que dá a segurança da religiosidade, outro que concilia a providência divina com suas ambições materiais, outro que te deixa livre pra curtir a vida, uma vez que seu futuro eterno já está garantido, tem um em comprimidos de 20 mg para usar só nas horas difíceis da vida... Enfim, fica à sua escolha! E o melhor, claro, é o preço, baratinho!
- O ideal seria o original né, mas também eu não estou disposto a pagar o preço. Acho que vou levar os genéricos mesmo, eles vão quebrar o meu galho por enquanto. Mas antes vou ali no carro ver com minha mulher qual ela vai querer. Daqui a pouco eu volto.

3 comentários:

Caco disse...

pago pau pra tu digo
heehehhehehe
abç

Matheus Ribeiro disse...

muito massa esse texto mlk!
parabéns..
pra refletir msm, temos q levar nossa cruz!
abraço

Hélvio Sodré disse...

Top 10!
Jesus não veio nos anunciar um evangelho paliativo para nossa conveniência, mas derramou Seu sangue para nos libertar da enfermidade que nos mantêm em coma espiritual: o pecado.
Deus te abençõe man, abraço.